Translate

AMERICAN LIFE: #126 O Que Ninguém Sabe, Ninguém Atrapalha (?)

Chicago-IL, Julho de 2016

Eis que quem vos escreve é a pessoa mais supersticiosa que existe. Eu sempre fui do tipo que cria umas coisas doidas na cabeça e mesmo sabendo que que não são de fato reais, eu continuo as fazendo. Isso tem a ver com uma característica que descobri em mim a um tempo atras, o TOC, Transtorno Obsessivo-Compulsivo. Quando eu era mais nova, tinha um milhão de manias, das mais bobas as mais doidas, entrar com o pé direito, contar carros na rua, arrancar fiozinhos de cabelo, sempre encostar nas pessoas com o lado oposto que encostaram e mim e isso me fez milhões de vezes ir atras de pessoas na rua, dar uma de louca e dar um jeito de "esbarrar" disfarçadamente na pessoa. Com o tempo isso foi diminuindo, eu ainda faço muitas dessas coisas, mas hoje em dia consigo viver em paz com isso. Dentre essas coisas, eu sempre acreditei que o segredo para ser feliz, era ser feliz em segredo. Tinha horror a energia negativa das pessoas e não contava minhas conquistas com medo de dar tudo errado porque alguém botou olho gordo.
Chicago-Il
Mas, junto comigo amadureceu também a ideia de que para quem tem o pensamento forte o impossível é só questão de opinião, logo já não fazia mais sentido acreditar que alguém x na vida tivesse o poder de mudar algo que eu queria e estava lutando para conseguir e foi assim me desapeguei dessa ideia de guardar segredo de tudo.

Eu conheci pessoas que simplesmente não falam, não contam, não desabafam. Conheci um ser humano que foi para o navio sem contar aos próprios pais. Sinceramente, pra mim isso é loucura. Claro que existem famílias e famílias, e muuuuitas vezes, principalmente quando se trata desses nossos planos doidos de cair no mundo, as pessoas podem ser bem cruéis e dizer coisas que acabam nos desmotivando, simplesmente porque o ser humano ainda não aprendeu a cuidar da própria vida e respeitar a decisão alheia, por mais diferente que ela seja dos seus principies ideias. No entanto, isso tem que ser trabalhado dentro de você, porque aí, aí meu amor, não tem olho gordo, macumba, inveja, família nenhuma que atrapalhe. Todo pensamento positivo te impulsiona na direção certa.

E o que que eu quero dizer com isso, pra ir lá postar tudo que acontece no facebook? Não. 
Existem momentos da nossa vida que são tão absurdamente felizes que é muito difícil não compartilhar com as pessoas, com algum amigo, alguém da família, estampar essa felicidade nas redes sociais, mas tudo deve ter um limite. Tem coisas que não vão agregar em nada na vida das pessoas, e embora você não deixe a energia de outros comandar as coisas coisas, colocar lá no status que esta indo para uma grande entrevista de trabalho também não vai te agregar em nada. 

Você não precisa ir muito alem, não precisa dizer que mora fora, que esta em um trabalho maneiro. Quando você posta fotos viajando, curtindo a vida, fazendo algo super legal, isso querendo ou não desperta a curiosidade das pessoas. Algumas pessoas vão fazer especulações estupidas pelas suas costas, vão espalhar boatos, vão te dizer coisas que é de fazer cair o cú da bunda e você? Você vai ouvir e se fazer de louca. Vai por mim, esse é o melhor jeito de lidar com essas pessoas. 

"Noooossa, vai para os EUA cuidar de criança? Estudou pra que então?"

Quando alguém nos fala isso é quase uma descarga de energia negativa. Você tem duas opções: Ficar se justificando OU mandar um "Meu sonho sempre foi cuidar de crianças . ", E ali você corta a conversa e acabou. Claro que infelizmente as vezes esses comentários vem de pessoas mais próximas, até mesmo dos nossos pais e ai vale uma explicação melhor. Mas sinceramente, tem gente que não vai mudar de ideia nunca (minha mãe por ex) então a gente explica uma vez, duas, três, dali em diante a gente só ouve. 

Outra coisa que muito frequentemente acontece são pessoas querendo saber alem do que você decide contar. Você posta uma foto e logo vem alguém dizendo o famoso "eeeee, mas só passeia hem?". Antes eu ficava me justificando, explicando que trabalho pra caramba, que nem todo são flores, mas hoje em dia?

Eu tive uma amiguinha que cada vez que abria a boca eu sentia que perdia um quilo. Ela fala sempre meio que me elogiando e se colocando pra baixo, um jeito meio "diferente" de inveja, mas que me fazia muito mal no começo. "Nossa, mas também com essa bunda, por isso que tem namorado e eu to sozinha", Nossa, mas também com as oportunidades que você teve, por isso que mora fora e eu não".
A força das palavras dela, o jeito de olhar era tão forte que me atingia quase que fisicamente, uma loucura. Até que um dia eu entendi que nós somos exatamente igual a um barco. A água inteira do mar não pode afundar um barco a não ser que ela invada o seu interior da mesma forma que a negatividade inteira do mundo não pode te derrubar a não ser que ela permaneça dentro de você. 

Então vamos aprender e repetir quantas vezes forem precisas:
Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. Ninguém é capaz de fazer conosco aquilo a que não estivermos vulneráveis. 

Entendeu?!
See ya!

Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Summer 2016 Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro Temporada Brasileira crewfamily California Road Trip Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Fall 2016 Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque