Translate

AMERICAN LIFE: # 92 BRASIL SURPRISE 3 - Como Estragar Seu Cabelo em 3 Passos

Serra Negra-SP, Maio de 2016

Voce só precisa de uma touca, uma agulha de crochê e um biquini. 

Vou explicar. Eu, loira de farmácia, depois de fazer umas varias cagadas, encontrei uma santa e aprendi a sempre fazer o cabelo na mesma pessoa, já a uns 6 anos. Eu sempre fiz o cabelo umas duas vezes por ano e ai deixo a raiz crescer, sem encanar... Quando estava no navio decidi que não ia mexer no cabelo no tempo que estivesse la e a mesma coisa lá nos eua. Claro que se eu procurasse bem talvez encontrasse alguém que desse um jeito nisso pra mim lá mas era que valeria a pena correr o risco? E se da um problema? E se ela deixa meu cabelo todo amarelo? Eu vou gastar meus dolares e ainda correr o risco de não gostar? Melhor não... E assim foi que em 9 meses eu fiquei morena, e adivinha? Eu gostei! Claro que ainda era super loiro nas pontas mas de uma hora pra outra aquela raiz preta começou a fazer sentido e eu comecei a gostar mais do que quando ta tudo "aloirado"

Mas ai né, eu fui vim para o Brasil e a regra é sempre que vir no Brasil fazer o cabelo, mas acontece que nas ultimas vezes, não sei se ela esta achando que eu fiquei rica, mas ela tem me cobrado MUITO CARO, o que me fez pensar se faria ou não o cabelo. Alem do que, tendo uma única semana pra ficar com a minha família a única coisa que eu não queria era passar o dia no salão, e assim que eu decidi no penúltimo dia que minha mãe faria meu cabelo.

Quando eu tinha uns 12 anos e meu cabelo era virgem, minha mãe que fazia minhas luzes e sempre ficava lindo de viver, aquele cabelo sem química, todo iluminado, ela sempre acertava na cor e eu não gastava nada com isso então porque não unir o útil ao agradaval, fazendo o cabelo, ficando hang out em casa com a minha mãe de buenas?

Compramos os paranauês, puxamos muitos e muitos fios de luzes. (Nossa, olhando agora de fora, que burra que eu fui, como que isso iria dar certo? Um cabelo que esta metade de preto e metade branco ficar bom só com fios de luzes?). Passamos um monte de agua oxigenada e fui pro sol pra acelerar o processo. Ahh, e como foi o único dia que deu um sozinho e eu estava doida pra tirar essa cor de nada que eu estou, botei um bikini e deitei linda no chão com a touca na cabeça por uma hora inteirinha. 

Fui lá, lavei e já não achei a cor aquelas coisas, mas minha nossa senhora dos cabelos, a hora que eu olhei pro espelho quis chorar imediatamente. Já viram estampa de animal print? Então...


Eu fiquei desesperada, porque ia embora no dia seguinte e como que eu ia voltar pros EUA com uma onça estampada na cabeça?!  E a minha mãe dizendo que "não estava tão ruim", "a hora que secar melhora"...  Eu me desesperei num nível que vocês não fazem ideia! Porque eu sou ok com cabelo seco, ponta dupla, raiz preta, mas estampa de oncinha não da ne? Se ainda fosse inverno que dá pra meter uma toca na cabeça ainda vai la... Mas logo agora que eu o verão esta chegando. Senhor, me ajuda!!


Peguei o telefone e liguei pra minha cabeleireira. Já liguei pedindo desculpas por ter mexido no cabelo dela (ela diz que é dela) e dizendo que pelo amor de Deus eu precisava arrumar isso de algum jeito. Por graça divina ela conseguiu me encaixar e fui naquele mesmo minuto pro salão, eu e meu cabelo esquisito.

Ela quase me matou quando viu e já foi logo ressuscitando ele. Parei o dia todo no salão. Por algum motivo na hora ali eu decidi que não queria platinar como sempre fazia e ela totalizou com um "perolado". Saíram 90% das manchas, mas ainda tinha alguma coisinha ali que perto do que estava antes não era nada. Paguei e reaprendi que o barato sai caro, mas a essa altura nem em dinheiro eu estava pensando mais, só precisa ter meu cabelo normal outra vez. 

Bom, cheguei em casa, olhei no espelho e adivinhem? Não gostei do tal do perolado. Ficou bonito e tal mas não era eu. Eu sou daquelas que sai do salão com o cabelo cinza quase roxo e ai com o tempo vai desbotando e tudo bem, mas aquele amarelão não tinha nada a ver comigo. 

_Roooo, não me mata? Será que da pra gente platinar meu cabelo?

Fui pro salão, platinamos mas não ficou como eu gosto, porque claro, terceira vez em dois dias que mexo na cor do cabelo... Mas ai, paciência, já não dava mais tempo, já não tinha mais dinheiro pra gastar com isso e tá tão, vamos assim mesmo. 
Resultado:

Claro que em poucos dias, em um mês já não vai ter uma raizinha ai e tudo vai ficar bem mas mesmo assim,  pra que que eu fui mexer no que tava quieto? E já que era pra mexer, pq que eu fui ser tão mão de vaca? :( 

E a culpa não foi da minha mãe, não, não ia ficar bonito, mas não ia ficar manchado se eu não tivesse deitado no chão e esfregado bem cabeça com produto no cimento. 

Fazia tempo que eu não ficava desesperada com alguma cagada que fiz no cabelo e olha que eu tenho um histórico bom heim...
Cabelo que minha mãe fazia
Aí decidi ficar loira em casa mesmo...
Ai no dia da minha formatura decidi ficar morena, fiquei enferrujada, passei preto azulado. Quis ficar loira dois dias depois
Ai comprei um aplique:
Ai eu tirei o aplique e fui só retocando a raiz até chegar no jeito que eu gostava taaaaantoooo...
Mas é isso, vivendo e aprendendo, né não?!
To be continued...

Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Summer 2016 Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro Temporada Brasileira crewfamily California Road Trip Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Fall 2016 Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque