Translate

AMERICAN LIFE: #82 Como Economizar Dinheiro Para Morar Fora

Grayslake-IL, Abril de 2016

O que eu vou dizer agora talvez vá doer em você e pareça um tanto quanto impossível, mas devemos começar do principio que tudo, exatamente tudo exige um pouco de sacrifício.

Vou contar um pouco sobre como tudo isso começou pra mim, pra te fazer entender que viajar, fazer intercâmbio, trabalhar em navio NÃO E COISA DE GENTE RICA, como eu ouço frequentemente.
Pareço fina mas só eu sei o tanto de pão com ovo que eu já comi pra chegar até aqui :D
Na minha casa somos somente eu, meu pais e minha avó, nós temos nossa casa, fazemos muitos churrascos regados a cerveja e carne boa, vamos a praia raramente e só, é isso que o dinheiro da. Não que falte dinheiro mas definitivamente todo e qualquer dinheiro extra tem outras finalidades como arrumar alguma cosia na casa, no carro ou na sobrancelha da minha mãe (vai me matar quando ler :D). Nós não temos luxo e eu cresci vendo e ouvindo que viajar era coisa de gente rica, só os ricos da minha cidade iam morar um tempo fora do país ou passar as ferias de final de ano no exterior. Com isso, eu nunca tive vontade de ir pra fora, porque né?! "Impossível!".
Só que como a internet é uma coisa linda aos 17 anos eu cai de paraquedas em um grupo de au pairs, meninas que moravam nos EUA cuidando de crianças, pagando na época bem pouco, e todos os sonhos que eu nunca tive nasceram em mim naquele momento e murcharam em seguida quando eu olhei o saldo da minha conta.

Eu decidi guardar dinheiro, e tentei guardar um pouco por mês, mas a verdade é que nunca sobrava nada e olha que pra alguém da minha idade, eu ganhava relativamente bem (vendia chips da TIM e amava <3).  50 dilmas por mês era o que m sobrava, e olha lá, o resto eu não via como, mas desaparecia.

Desaparecia na academia cara, nos milhões de suplementos que eu comprava, nos finais de semana de bebedeira, na simples ida a cidade que gastava gasolina e aí eu percebi que desse jeito talvez em 50 anos eu conseguisse dinheiro suficiente.

Decidi mudar e ter um plano, e o plano era não fazer exatamente nada.

Me tranquei em casa, em baixo das cobertas e lá eu fiquei.

Mas falando sério, obvio que isso depende da sua situação, se mora sozinho ou não, se ajuda em casa, se faz faculdade, entre outros, mas a o principal é igual pra todo mundo, não gastar dinheiro com nada que você não precise.

(Ah, uma coisa, eu sempre me refiro a juntar dinheiro para morar fora, porque esse foi o meu caso, mas vale pra qualquer coisa, o carro dos seus sonhos, uma cirurgia plástica... A tática é a mesma pra tudo!)

1- Trabalhar. Parece básico mas eu vejo um tanto de gente querendo picar a mula do pais mas escolhendo trabalho porque não quer fazer isso ou aquilo. Trabalhar, seja lá de que for, é sempre melhor que não trabalhar. Eu conheço um menino de 18 anos, filho de uma amiga que vivem contanto dinheiro e o moleque nunca fez nada da vida, acho isso o cumulo do absurdo, sério, sem lógica ou explicação. "Ah, mas eu estudo", sinto muito mas caso seus pais não possam pagar seu intercâmbio, estudar não poderá estar entre as sua lista de desculpas. E trabalhar que eu digo pode ser de qualquer coisa, vender brigadeiro na faculdade, fazer recreação em hotéis no final de semana, eventos, buffet, restaurantes, vender sua arte na praia, vender pulseirinhas em qualquer lugar. Você tem que ter algum dinheiro entrando, seja ele pouco ou muito, e tem que deixar o achismo ou vergonha de lado,porque ela não te leva a lugar nenhum, muito menos para a Europa:) Eu lembro que quando tinha uns 8 anos aprendi a fazer creche e fazia umas bolsas com o lacre da latinha de refrigerante e acreditem ou não eu andava pra rua catando latinha pra pegar o lacre e já vendia a latinha porque né... Meu pai ficava doido... Eu pegava varias encomendas na escola, a mão quase caia pra vender por 10 reais, mas era meu, do meu trabalho e de ninguém mais, então entendeu né? Qualquer coisa vale!
Ter dois empregos também vale, e não você não vai morrer de trabalhar, ninguém morre!
Quando eu sai da loja da TIM, voltei a trabalhar em hotéis, onde eu trabalhava desde os 13 anos. Sextas, sábados e domingo, 300 no final de semana.  Desses 300 eu guardava sei lá, uns 270, 10 eu colocava gasolina e 20 eu deixava na carteira pra sei lá, ter 20 na carteira, mas também não gastava.

2- PAGUE TODAS AS SUAS CONTAS. Eu com 17 anos era escrava de parcelas. Tudo eu parcelava mesmo que tivesse o dinheiro porque era mais confortável pagar um pouquinho por mês, mas isso é cilada Bino. Não parcele! Se não tem dinheiro para pagar a vista não compra. Claro que carro/ casa são coisas muito diferentes, mas ainda assim meu "sonho" era ter meu carro mas eu nunca tive coragem de me ver escrava de uma divida tão alta por 5 anos, sem chance. A gente gosta de parcelar tudo porque pagar 40 por mês é mais gostoso que pagar 400 de uma vez né? Mas esses 40 por mês vão fazer uma falta gigantesca quando você estiver tentando guardar dinheiro.
Eu tinha muitas dividazinhas, nada muito alto, mas vários carnes pra pagar todo mês. Trabalhei uns dois meses, fui nas lojas e falei "Vou pagar tudo" e ahhhh que delicia. Eu experimentei dever pros outros e é horrível. Melhor coisa é ir trabalhar sabendo que o dinheiro que vier não tem compromisso de ir embora no dia seguinte.

3- VENDA SUAS COISAS. Desapego é uma coisa que nós temos que praticar durante todo o processo de morar fora, inclusive na hora de voltar ao Brasil. Eu tenho certeza que você tem um monte de coisas que não usa, roupas, sapatos, uma câmera fotográfica, de repente um computador ou mesmo aquela coisa bRusinha velha. SEMPRE TEM ALGUÉM QUERENDO COMPRAR. Vende nos grupos do facebook, lá na minha cidade tá cheio de "feiras online" onde você encontra de órgãos a moveis, carros, galinhas, mp4, e tudo que você pode imaginar. Desapega das suas brusinhas do brasil pra comprar novas brusinhas na gringa :D
Minhas tranqueiras novas :D
4- Faça 3 perguntas básicas antes de comprar qualquer coisa:

Eu quero mesmo isso?
Eu preciso mesmo disso?
Eu posso comprar isso?

E a maioria ganha. Querer a gente quase sempre quer, mas pelo menos comigo, quase nunca preciso. O desempate vai para o "poder comprar ou não", porque poder você pode, se pensar que trabalha justamente pra isso, mas pensando que você tem um objetivo, logo você não pode comprar algo que não precisa.  (Faço isso até hoje)

Nada de comprar roupas, nem nada de comprar nada. Parece exagero, mas qualquer centavo faz diferença! Eu pensava até pra comprar uma bala e isso tudo nos leva ao próximo item:

5- NÃO TENHA DINHEIRO TROCADO NA BOLSA. É muito mais difícil gastar uma nota de 50 que uma de 10, só que de 10 em 10 a gente fica pobre então não tenha trocado na bolsa. Como eu disse ali em cima eu deixava 20 pra caso de emergência e tá ótimo! 

6- NÃO SAIA NO FINAL DE SEMANA. "Ah mas vou ficar doida desse jeito sem minha vida social". Fica não!! Liga o Netflix e se enfia no mundo das series. Sair com amigos no final de semana é como rasgar dinheiro. Mesmo quando era alguma coisa light, sempre rola um vinho, uma comida e tudo isso custa dinheiro. E triste mas lembra o que eu falei ali e cima, sacrifícios? 

7- Guarde moedas.  Não sei você, mas eu odiava carregar moedas e sempre me desfazia dela ou deixava jogada pra casa, mas aprendi com o meu pai a fazer vários cofrinhos com ate as de um centavo. E olha, foram elas que me salvaram ano retrasado quando eu fui pra Rússia e esqueci o dinheiro em casa mas lembrei de pegar minhas "sacola" de moedas que davam 30 euros :D 
Esses são meus dólares. Tenho duas canecas e um porquinho cheios e só vou trocar quando for embora.
8- Tenha um objetivo e cole fotos disso na parede do seu quarto, coloque de wallpaper do seu celular, computador, vida. Tenha foco.  Se você quiser vir para os EUA como Au Pair, obviamente vai precisar de menos dinheiro que se fosse vir só para estudar, mas ainda assim a brincadeira não sai taaaaao barata assim nos dias de hoje, então faça uma lista do que você precisa e vá encaixando na sua vida os melhores meios para conseguir. Trabalhar em navio também não é mais tao barato assim já que hoje em dia exige muitas outras coisas que não existiam no passado, mas pensa que o mais sofrido é a primeira vez e depois que você começa a ganhar em dólar (mesmo que ganhando pouco) tudo fica mais fácil. 
Eu juntei uma grana e fui para o navio, aí cheguei no Brasil e voltei para o bom e velho hotel de sempre, ganhei uma grana em reais no mesmo esquema e deixei lá mofando dentro de um urso (sou dessas) ai com  os meus dolares do navio eu fui para a Rússia, e com o dinheiro que eu ganhei antes da Rússia eu vim para os EUA. Com o dinheiro dos EUA eu vou para o próximo lugar, seja ele qual for.

Não é fácil, nem gostoso abrir mão de tudo de uma vez mas eu juro de coração que vale a pena! 
Lembro que todo final de semana meus amigos me ligavam pra sair e eu dizia que estava sem dinheiro aí todo mundo ficava "WTF, pra que que você trabalha então?!". Ai até tentava no começo dizer que estava guardando dinheiro pra ir embora e todo mundo torcia o nariz, mas hoje esses mesmos estão lá na mesma vida, ganhando o mesmo salário, pedindo iPhone 7 pra quem está a 3 anos na estrada e antes nunca tinha dinheiro nem pra beber uma cerveja ;)
Colorado-US, novembro de 2015
Então é isso, se você souber de mais algum jeito de economizar dinheiro ou algum milagre/macumba/simpatia, deixa aqui nos comentários, porque né,  já estou pensando no próximo objetivo :D

See you!
Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

4 comentários:

  1. Harlye, acompanho seu blog e to no processo pra ser au pair pela APC. Foi ótimo ler isso. Vou fazer 25 e to terminando a faculdade aqui no BR. Eu sou uma gastadeira que só é tenho muito que aprender ctg. Fico muito preocupada com minha situ financeira quando eu for para ai, pq principalmente eu quero juntar dinheiro e estudar. Mas tá difícil, cada vez mais minha lista de "desejos" tá crescendo. E a minha cerveja de lei, que é só uma e depois vira 10, junto com porção? Ti tentando mas fica a pergunta: Será que eu tenho jeito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela:)
      Então, olha, essas dicas que eu dei foram pra juntar dinheiro pra começar, porque tudo isso que eu escrevi ai e cima é muito restrito e claro que quando você chega aqui, não consegue e nem deve levar uma vida tão privada de tudo, caso contrario não vai aproveitar... Eu te entendo perfeitamente sabe porque amo comprar também, mas você precisa "ajustar" as suas prioridades, ver o que você realmente quer do seu ano. Tem MUITA menina aqui que não tem 3 conto pra pegar o metro e eu acho isso triste sabe, não conseguiria viver assim, mas ai você vai ver os objetivos dessa pessoa e normalmente não vai muito alem de viajar e curtir ao máximos os finais de semana... Eu tembem vim querendo juntar dinheiro então já cortei as noitadas da minha lista. Claro que vou uma vez ou outra, mas tento manter o foco sempre no meu objetivo maior.

      Tem uma frase que eu uso sempre na minha vida que diz assim: Não deixe aquilo que você deseja no momento ser maior do que o que você deseja para a sua vida inteira.

      Eu acho que voce tem jeito sim, hahahah Se eu estou me saindo bem, você consegue também!!

      Aqui um que podem ser útil:

      http://bonvoyageharlye.blogspot.com/2016/05/american-life-41-au-pair-ou-au-poor.html

      Volte pra me contar como andam as coisas ta bom!?
      Boa sorte e muito sucesso sempre!!!! beijos!

      Excluir
  2. Oi, Harlye! Descobri seu blog agora em novembro/2016, e tou super amando! Sou de Fortaleza! ��
    Comecei a ler o blog e não consigo mais parar, inclusive já indiquei pra alguns amigos! Acho vc superespontanea pra contar tudo o que já passou nessas aventuras e me identifiquei pq tou pensando em entrar nessa tbm de morar fora. Na verdade sempre quis morar fora, mas agora meu coração vem se impondo cada vez mais com esse desejo, como se ele quisesse me guiar pra onde ele sabe que as coisas podem funcionar e de certa forma, me fazer feliz! Então tou me preparando pra começar esse processo, e penso em embarcar nesses navios da vida rsrs.
    Esse post aqui é fundamental pra que a gente consiga alcançar nossos objetivos, ECONOMIZAR! mtas vezes as pessoas não entendem nossos motivos em economizar mto menos nossos objetivos de vida! Hj já nem ligo pra isso, digo msm que não tenho dinheiro, msm tendo meu cofrinho de moedas de R$1, porque só nós entendemos essa nossa vontade de morar fora!
    Um abraço! (Continua escrevendo e atualizando ok?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lari. ahhh, Fortaleza! Que saudades dai e do Ceara! Não vejo a hora e voltar, minha vó é dai, quando to no Brasil fico dividindo meu tempo entre Ceara e SP <3

      Fico feliz que esta gostando, seja bem vinda!!
      Sei como é esse sentimento, foi exatamente o que aconteceu comigo, chegou um momento que isso era tão grande dentro de mim que não tinha mais pra onde fugir rs Legal que esta pensando em navio, continua lendo bastante, pesquisando tudo e se realmente quiser vai com tudo e de coração aberto, não é fácil mas uma experiência maravilhosa, super engrandecedora!

      As pessoas não entendem mesmo, as vezes nem eu entendia como trabalhava tanto pra acabar me privando de tantas coisas, mas hoje tudo faz sentido, tudo teve um porque e valeu a pena cada coisa que eu deixei de comprar, cada lugar que eu deixei de ir... Tenho certeza que vai valer a pena pra voce também!!!

      Volte sempre ta?! Um beijo e sucesso! <3

      Excluir

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Summer 2016 Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro California Road Trip Temporada Brasileira crewfamily Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fall 2016 Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque