Translate

AMERICAN LIFE: #44 Embarangando nos EUA

Grayslake-IL, Dezembro de 2015, Eu no google:
Como emagrecer 8 kilos rápido sem ter que deixar de comer McDonald, cookies, batata frita, refrigerante, bolo, cheese cake e sorvete de twix?

Gente, tô triste, sério :( :( :( :( :(

Vou contar tudo que é pra não me acharem fútil por estar triste com isso.

Eu treino desde os 15 anos, sei la, sempre me exercitei e tenho uma genética muito boa, minha mãe tem corpão, e eu sempre tive muita força de vontade pra ir pra academia, tipo assim, de segunda a segunda.

Ai o tempo passou e com os meus 18 anos (ohhhh fase boa) eu estava na minha melhor fase, focada, treinando, com o corpo que eu queria estar. Eu amava ir pra academia e fazer atividades ao ar livre, e foi quando eu fui pro navio, tensa por ter que comer pasta todos os dias e com uma academia que deixava muito a desejar, mas foquei em manter o peso lá dentro e mesmo trabalhando as 12 horas diarias eu ia pra academia todo os dias, nem que fosse ao menos pra correr 30 minutinhos. Sai do navio com o corpo melhor que quando eu entrei, mais magra, com menos músculos, mas estava super bem.
ANTES DO NAVIO
DEPOIS DO NAVIO
DEPOIS DO NAVIO
Ai cheguei no Brasil e foi quando tudo começou a desandar. Uma vontade incontrolável da comida da minha vó que só eu sei :( . E entrei numa briga comigo mesma que nunca mais parece ter fim, muito menos sentido.

Quando eu estou no navio, ou fora do país, eu deixo de comer tanta coisa que eu gosto, e por quanto tempo mais na vida eu vou poder comer a comida das minhas avós?! Gente, comida de vó não se nega né?! Uma vez a minha vó fritou uma batata que era óleo puro e eu disse que não queria e ela ficou muito chateada... Não, chateada não, ela ficou puta da vida!
Depois disso eu fui pro Ceara na casa da minha outra vó. O gosto dela é fazer a gente comer, como que eu ia negar isso?!
E como que eu não vou comer as panelas de strogonoff que a minha mãe faz? E como que eu não vou comer pão de queijo com o meu pai na padaria?

Para ajudar, nessa de ficar indo e vindo entre São Paulo e Ceara eu fui adiando de voltar para a academia, e quando eu finalmente voltei, eu simplesmente ODIEI. Comecei a ir por obrigação e cada dia era uma tortura. Qualquer vento era desculpa pra não ir.

Nesse tempo, engordei um pouco, uns 3 kilos, tava de boa ainda. Ai fui pra Rússia e terminei de ferrar com o que ainda tinha solução.

Na Rússia eu não fui pra academia. Era inverno, de casaco de neve todo mundo fica igual... E ai, ao invés da comida da minha vó só tinha sopa, sopa, sopa, sopa. Eu, que não gosto de sopa, sopa, sopa  aprendi a cozinhar. Droga. Só porcaria. O melhor strogonoff, o melhor macarrão, os melhores doces. Anton adorava minha comida e nós adorávamos cozinhar juntos. Conclusão disso foi que cozinhar virou uma rotina. Só coisa gorda. Como se não bastasse me apaixonei por um chocolate vagabundo super barato que o Anton trazia pra casa TODOS OS DIAS.

Não precisou mais que alguns meses pra todo o meu esforço de anos se perder no meio da gordura :( :( :( :( . Engordei sei lá, mais uns 5 kilos.

Comecei a fazer umas coisas em casa, mas super desmotivada. Um agachamento e um pedaço de bolo. Não resolveu nada.

Entre a minha transição entre Rússia e EUA, eu fui pro Brasil. Mais comida de vó. E como não comer se eu ia ficar mais um ano longe? Fiquei um mês lá e mesmo sem vontade nenhuma, comecei a correr todos os dias, o que não resolveu nada (mas também não engordei mais). Cheguei em NY com 8 kilos a mais que o meu peso ideal, me sentindo super mal por me ter permitido engordar de relaxo, perdendo minhas roupas, focada em treinar assim que chegasse e voltar ao antigo estilo de vida.

Mas adivinha o que aconteceu?

Nada. Não aconteceu nada.

Quando cheguei não tinha carro ainda. Não estava estudando então ainda não podia usar a academia do college. E tinha cookies, tinha Mc and Cheese, mc donalds de 1,30. Tinha um refrigerando chamado Mountain Dew que eu viciei.  Engordei mais um kilo.
UM MÊS DEPOIS QUE EU CHEGUEI,
9KILOS ACIMA DO PESO

Com dois meses aqui eu finalmente comecei a ir a academia, mas hoje, com quatro meses aqui, agora no inverno, sinto que não estava resolvendo nada. Eu engordo e emagreço, tenho a impressão que diariamente. Estou inchada, sinto que até a água aqui me incha e estou inconformada com essa rasteira que o meu metabolismo esta me dando.

Estou também pagando a língua. Sério, eu sempre achei que as pessoas não emagreciam de preguiça, mas hoje eu vejo o quanto é difícil controlar o que se come. E aqui, para nós au pairs, é ainda mais difícil. Primeiro porque é tudo novo e tem um monte de coisas gostosas e baratas, e segundo porque ansiedade faz a gente comer horrores.

Tô triste comigo mesma porque não estou satisfeita com uma coisa que eu sei que consigo mudar e não mudo por que sei la...

Toda segunda eu acordo super focada e toda terça eu já deixo para começar segunda que vem.

Meu peso sempre foi 55 kilos, e agora eu estou com 64.

Pensando em pagar personal pra ver se me da um up de ir treinar, mas lá no fundo eu sei que o que eu preciso mesmo é de vergonha na cara. :/ Valha me Deus, minha bunda ta que é buraco só, toda mole e desengonçada :(

Eu fiz uma promessa pra mim mesma (mas que droga, nem eu estou acreditando nas minhas promessas mais) que esse inverno eu vou dar o melhor de mim. Sabe, não é só estética, parece até fútil ficar falando assim, mas isso é uma coisa que realmente me faz mal, eu sempre gostei tanto de me cuidar, eu não estou nem ai pra opinião dos outros,  eu faço isso por mim e por mais ninguém, e também não acho que todo mundo tem que seguir padrão nenhum... Todo mundo tem que se sentir bem e pronto e ter uma vida mais saudável é o que me faz sentir bem. Alem do que, eu estou ficando cansada subindo a escada pro meu quarto, --'. Preciso dar um jeito nisso, pra ontem!

Alguém conhece uma simpatia boa? Uma macumba? Poxa, não queria abrir mão das gordices da vida! Isso é tão injusto! Porque que inventaram chocolate se a gente não pode comer sem virar um coxão amarrado no meio?:(
Esse "v" na foto de baixo é mancha do espelho:)
ESSA FOTO FOI DE HOJE, PELO MENOS EU
SINTO QUE TO UM POUCO MENOS INCHADA.
Só um desabafo...
Ah, e sim, eu estou escrevendo isso comendo um cookie, as 1:21 da madrugada. Desse jeito fica difícil de me ajudar né :( :( :( :(

Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

4 comentários:

  1. Lôra,

    Eu fiz 2.7 e o metabolismo vai ficando zuado,e a gente parece que vai perdendo a vergonha na cara. Se tu não consegue mais malhar (que é chato mesmo,eu odeio), tenta um esporte,uma luta!

    Não pode é ficar parada!

    Beijiiiinhos

    Monick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, mas isso é tão desesperador né?! A gente parece que vai deixando de se importar... Eu imagino como deva ser dificil pra quem ter filhos e tal! #medo

      Olha, agora alguns meses depois eu quase voltei ao corpo de antes, mas foi muito dificil mesmo, demorou pra eu criar vergonha na cara hahaha

      Beijooos <3

      Excluir
  2. é sua vibes academia passou, eu to tentando ir, mas vou por obrigação por estar uma bola, nunca gostei mesmo.
    Talvez você precise fazer esses treinos do tipo funcional ou crossfit da vida, acho que fará mais efeito.
    até pq seu corpo tem a memoria muscular...vai fundo e tenta comer besteiras só no fds (nao sou exemplo e to balofa, famoso faça o que digo mas não faça o que eu faço hhahahaha)
    Até mais...bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passou com certeza!!!!! Agora eu vou super por obrigação, mas vou:(
      Então crossfit seria otimo, mas aqui é meio caro. O que me ajudou muito foram os treinos funcionais nos parques e tal, mas é muito dificil :(

      E comer besteiras é tão bom, mas ferra com tudo:( Eu coloquei um dia pra comer e tem dado certo:D
      Beijooss <3

      Excluir

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Summer 2016 Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro Temporada Brasileira crewfamily California Road Trip Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Fall 2016 Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque