Translate

AMERICAN LIFE: #42 7 dicas para morar abaixo de 0 / Roupas de frio

Grasylake-IL, Dezembro de 2015

Talvez morar na Rússia tenha me preparado para passar bem no inverno de qualquer lugar, e sinceramente eu me sinto super ok com temperaturas negativas e posso até arriscar a dizer que passava mais frio lá na minha cidade no Brasil do que eu passo aqui a -15C?

Não fez sentido isso? Tá, vou explicar.

Serra Negra é uma cidade do interior de São Paulo, fria pra caramba assim como tantos outros lugares no Brasil; Sim, porque nem só de Rio de Janeiro nós somos formados, certo?
Lá é até engraçado, não pode dar um ventinho que todo mundo corre por a bota e começa a reclamar do frio no Facebook. Acontece que, quando faz 10, 8 graus no Brasil, são 10, 8 graus em todos os lugares, inclusive dentro de casa. E ah, eu acho bem gostosinho dormir toda empacotada, cheia de roupa e com 3 edredões.

Eu lembro bem quando eu era novinha que ia pra escola as 6 da manhã de moto com o meu pai e mesmo que eu colocasse as melhores roupas de frio que eu tinha, nunca era o suficiente para barrar o vento gelado, e depois, passava a manhã inteira batendo os dentes naquela escola fria, doida pra chegar o intervalo pra ir comer presunto e queijo no solzinho das 9:30.

Dai quando eu fui pra Rússia, eu pensei: Ferrou então?
E para a minha surpresa, não, não ferrou. Aqui nos países muito muito frios, onde os dias normais de inverno vão em torno de -10, -15, só passa frio NA RUA, quem não esta preparado, e dentro de casa, ah, dentro de casa é amor, tudo quentinho, lareira, chocolate quente <3

Então fiz uma lista de coisas que devem ser essenciais para que você sobreviva ao inverno sem sofrer tanto.

1) Pare de ver o frio como um monstro. E muito mais gostoso praia, sol e verão, mas as vezes a gente não tem outra opção não é? Então, da uma chance pra ele. Pode ser uma estação de ficar mais em casa e tal, mas pensa, dá pra juntar uma grana e pra quem tem namorado, um cobertor de orelha não cai nada mal né não?! (Ahhhhhhhh droga :( :( :( )

2) Invista em um bom casaco. Não tem segredo! Tem que ter um bom casaco. Estar com frio deixa a gente desconfortável, incomodada, chata. Talvez eu seja um pouco intolerante, mas só eu sei como me irrita gente que sai no frio de -20 com uma tentativa de casaco que pagou 20 dólares e fica reclamando o dia todo que não aguenta o frio. Infelizmente um casaco bom custa caro, mas não tem outro jeito, tem que ter. Não precisa ter muitos, alias, um já basta, mas um muito bom, e é aquilo né, depende muito do gosto de cada um, mas como é uma coisa que você acaba usando todos os dias, preto ainda me parece ser a melhor opção.

Na Rússia eu tinha uns casacos bons, mas não tinha um de neve mesmo e o tempo que eu passei lá me fez ver que isso era uma coisa que eu ia comprar aqui sem dó. Pois bem, paguei 180 dólares em um casaco preto comprido e impermeável.
Como escolher o seu casaco? Simples, vista ele. Você vai sentir ele te abraçar <3. Casacos bons abraçam a gente.

Com esse casaco eu passo numa boa pelos -23 que andou fazendo aqui esses dias.

Eu não acho que compensa comprar no Brasil, porque mesmo que encontre um bom, de certo vai ser MUITO CARO. Eu comprei esse na Colúmbia Store, as vezes na Burlington tem umas promoções, e na The North Face também só tem casaco lindo. Depois do inverno eles fiam bem mais em conta. Tem uns que são dois em um, que ai da pra usar também no outono e tal...  180 dólares bem investidos!

3) Talvez até mais importante que o casaco são as botas que você também vai usar diariamente.  Sensação de pé molhado no tênis é horrível, imagine isso tocando um chão de gelo. NÃO! Sério, pior coisa do mundo. Uma vez eu fui num parque em Moscow com botas que eu tinha levado do Brasil. Meu pé ficou tão gelado que doía tanto que parecia que queimava, e eu fiquei em pé na fila por umas 2 horas...

Eu ainda não comprei botas de neve aqui, mas é a próxima coisa que eu vou comprar. As botas de neve não são tão lindas assim, mas nada paga o conforto de ficar com o pé quentinho.

Eu quero comprar uma UGG, a minha fofa tem uma e é SUPER CONFORTÁVEL e pelo que ela diz não molha os pés. Ela não é muito bonita, parece uma pata de camelo, mas isso é o de menos... 
Porem eu acho que em dias de neve derretendo, que ta tudo uma aguaceira, vale apostar em uma galocha. Sim, aquela coisa brega que só, mas posso dizer? Eu ando tão in love com a minha, e olha que ela é bem estranha...  
Tem que ser assim sabe? Quando a gente sai fora da nossa zona de conforto é você quem deve se adaptar ao meio e não ao contrario.
Na Rússia tinha uma bota que a gente usava muito nas fazendas que se chama Valenka que é amor também sabe, mas nunca vi em nenhuma casa aqui nos EUA.
4) MEIAS. Aquelas meias fofinhas de pelo são uma delicia, mas devem ser evitadas se você estiver usando uma bota muito apertada, que já tenha coisinhas dentro dela. Entendeu? Nesses casos você coloca uma meia mais fina e já é o suficiente.

Teoricamente a gente logo pensa que quando mais roupa e mais coisas a gente colocar mais quente vai ficar, mas o Anton me dizia que para manter a temperatura, o corpo precisa ter um espaço entre ele e a roupa (SE A ROUPA NÃO FOR TÉRMICA, PORQUE SE FOR AI A CONVERSA E OUTRA) então por ai deu pra entender mais ou menos a logica? E se não deu, só tenta fazer isso, sério, eu já testei de todos os jeitos possíveis e isso faz sentido.

Ah, meias extras. EU SEMPRE TENHO UM PAR DE MEIAS EXTRAS NA BOLSA, isso faz parte de mim no inverno. E libertador trocar de meias quando as que estão no pé molham.

5) Cachecol, luvas e gorros. Sem luvas os dedos congelam, doem, ficar vermelhos, roxos, parecem que vão cair, não tem como. Esses dias estava -20 e eu sai com a Ana com uma luva fininha e sério, quase chorei de dor :(. Tem umas luvas grandonas que são muito boas, mas no dia a dia são tã desconfortáveis então sei lá, tenta achar um meio termo... Eu amo toucas e ter varias delas fazem a gente não parecer que esta usando a mesma roupa sempre :(. Cachecol eu acho muito desconfortável, mas precisa, muito, precisa muito.

6) Carga extra para o celular. Sim, porque no frio Iphone morre rapidinho... Essa "EasyAcc" é a melhor que eu encontrei até agora; A pequena faz 2 cargas e meia, a grande faz 5 cargas e meia, e ela é super rápida! Quando ele morre é só entrar em um lugar quentinho, esperar um pouco e carregar de novo:)
7) Beba líquidos quente. Ta ai uma coisa que eu odiava na Rússia, ficar bebendo chá toda hora, porque eu realmente não gosto de chá, mas beber coisas quente, principalmente quando se esta na rua, ou quando acabou de chegar da rua faz toda a diferença! Eu tomo café ou chocolate quente e ahh, esquenta tudo por dentro!
Então é isso, pode ter certeza que você fizer essas 7 coisas não vai ter erro! E só estar preparado e parar de mimimi que o inverno fica mais bonito, menos assustador!:)

Mas ah, se você vai ser Au Pair, ou mudar de pais, e realmente não gosta de frio, deve levar isso em consideração, porque são praticamente 6 meses de frio, 5 meses de neve, e isso não é uma coisa que dá simplesmente desconsiderar né não?!

See you!
Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Summer 2016 Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro Temporada Brasileira crewfamily California Road Trip Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Fall 2016 Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque