Translate

AMERICA LIFE: #30 Como eu fiquei rica nos EUA.

Grayslake-IL, Outono -Outubro de 2015

Eu hesitei para contar aqui pra vocês como foi que isso aconteceu porque a demanda de Iphones esta tão grande que ando sem tempo para postar, I beg your pardon?

A verdade é que eu fiquei tão rica nesses 4 meses de EUA que eu estou distribuindo IPHONES e afins para os amigos, para os parentes de todos os graus, colegas, para os que viravam a cara pra mim na rua, para os que não me passavam cola das provas na escola, para os haters e claro, para os  ex-namorados, então caso você esteja interessado em um, deixa um comentário aqui no blog com o modelo e a cor que eu estarei enviando junto com a próxima leva:)

Gente, pelo amor de Deus, alguém me explica? QUAL É O PROBLEMA DE ALGUMAS PESSOAS? Que que ta faltando? Bom senso e um tanto de óleo de peroba? 

Seguinte, a uns meses atras eu vi um video de uma menina chamada Tati Fazzio em que ela fala sobre as pessoas se achando no direito de pedirem coisas só porque a gente mora aqui e eu confesso que quando eu vi, achei que era um tanto de exagero, mas hoje eu vejo que cada palavra daquele video faz total sentido.

Quando eu estava no navio algumas pessoas me pediam coisas mas eu tinha pouco tempo de internet então quando via já haviam passado meses. Na real eu queria E trouxe presente pra MUITA GENTE, tipo, muita gente mesmo porque eu achava que sei la, era chato voltar sem nada, só que ai eu aprendi que presente a gente da pra família mais próxima, pra alguns poucos amigos (e olha lá) e fim, porque tanto no navio, como aqui nos eua nós não estamos a passeio para levar uma camiseta "Fui pra Floripa e lembrei de você".  No entanto, essa coisa de lembrancinhas e presentes na verdade são o de menos, a coisa pega mesmo quando as pessoas "descobrem" que você esta morando nos eua e começam a fazer requests, listinha de desejos, de todos os tipos, tamanhos, preços e claro, o tão famoso IPHONE 6S PLUS. 

Tras um iphone pra mim? Eu até te mando o dinheiro direitinho! (Até me manda o dinheiro? Que isso, não precisa, assim eu até fico ofendida... Esse é por minha conta;) )

Traz um IPHONE pra mim? Quando você voltar eu te dou o dinheiro. (Posso mandar um dourado e um rosa just in case de você ficar na duvida da cor)

Traz um IPHONE pra mim sem ser taxado? (Tudo bem que eu trabalhei em navio, mas ainda não to tão boazona nas mafias)

...Entre tantos outros pedidos absurdos que eu recebo de IPHONE.

As pessoas tem uma ideia tão errada dos eua que chega a me dar um nó na garganta. Sim, aqui tem muito mais oportunidades e os preços são absurdamente mais justos que no Brasil mas em épocas de 1 dólar a 4 reais, um iphone de 800 dólares não sai tão baratinho assim, só claro, que as pessoas não fazem as contas x4, elas fazem x2 e ainda por cima dizem que eu estou tentando tirar vantagem em cima delas. HA-HA.

Também existem pessoas que concordam em pagar todos os preços, as taxas e afins, mas e o meu trabalho de ir até o lugar e comprar e depois ir ate o correio e enviar? Nisso ninguém pensa né?
Tem algumas pessoas que vem super na humildade falar comigo, que não finge saudade pra depois pedir alguma coisa, e tem pessoas que eu mandaria todos os presentes do mundo e não cobraria um único centavo se eu pudesse mas também tem pessoas que NUNCA falaram comigo na vida e veem com um papo de "Oi, que saudades, Como estão as coisas, então sera que da....". Eu não sei o que é pior, esses ou aqueles que vem com um "E aaaaai fia (fia, sim) fico rica nos states, sáquequeé? Queria sabê se tu nun podi manda uns iphone pra mim?"

E tem aquela frase famosa: "E aiii, ficou rica esqueceu dos pobres né?!"

Essas pessoas tem que tirar da cabeça a idéia de que só porque alguém mora aqui esta nadando no dinheiro. A gente tem cara de phyna mas é cada dólar menu que nois come! Quem vê a situação de fora só enxerga que um dólar é 4 reais e pronto, mas a gente gasta em dólar também então fica tudo na mesma. 800 dólares são 800 dólares e não 3200 reais. 

Sem contar que sempre rola um " Quanto custa tal coisa....?" Quando são coisas básicas eu até tenho uma noção, mas um dia desses me perguntaram quanto custa agulhas de micro pigmentação pra sobrancelha, oi?! Como que eu vou saber isso? E pra eu saber eu tenho que ir pesquisar e muito provavelmente isso vai ser na internet, então qual é a diferença entre eu ou a pessoa pesquisar? O inglês? Então chega na humildade e pede ajuda caramba, não vem com "listinha do que eu vou precisar" porque isso é muito muito chato e cansa.

E isso não é ser esnobe caso pareça que é, é só que as pessoas não tem noção de que tudo conta como peso extra na mala, coisas para serem taxada, tempo e claro, confiança de comprar uma coisa e correr um sério risco de levar um calote. 

Já me pediram uma bateria. Ai eu expliquei que seria muito difícil despachar uma bateria e sabe qual foi a resposta? Tenta trazer no avião com você. 

Já me pediram peças de carro e até um cachorro. Já me pediram um imã de cada lugar que eu passar, e claro, uma nota de cada pais que eu for (Logico, porque ultimamente eu estou indo pra vários países) alem do que um dólar é dinheiro né não?! Começar a pedir uma nota de cada lugar que meus amigos do navio forem:D 

Eu entendo que tem pessoas que não entendem essa coisa de imigração, de limite de peso e taxas, mas eu tenho certeza que todo mundo entende muito bem o quão descessario chamar uma pessoa pra conversar depois de anos (22 pra ser especifica) só porque você acha que ela pode te fornecer alguma coisa. 

Com essa coisa eu cortei muitas amizades com pessoas lá da minha cidade, não porque eu sou esnobe, como dizem por lá, porque eu já cansei de dizer que dizer que viajar é questão de prioridade, que viver viajando não significa que eu tenho dinheiro. As pessoas dizem que eu deveria postar mais fotos trabalhando ao inves de fotos viajando, por favor né? Só ia dar eu lá escondida em baixo da cama fingindo de morta para as criancas não me acharem ou então uma fralda bem recheada na capa do meu facebook, que tal? será que é isso que eles querem ver?! hahahaa No minimo seria engraçado.

Agora, uma coisa eu digo, cada coisa que eu vejo pra mim eu tenho vontade de comprar igual pra os meus pais e encher minha avó desses doces que tem aqui. Faria uma casa enorme pra eles com um quintal gigante com toque de roça pra minha avó ficar feliz e plantar todas as coisas que ela sente falta. Eu iria pro Brasil uma vez por mês isso se não trouxesse eles pra morar aqui! Sonhos né? Dai enquanto eles não se transformam em realidade eu resolvi deixar as pessoas acharem que eu tô mesmo nadando no dinheiro, ou sustentada pelo Anton, como alguns também dizem hahaha Quem me dera:D
Sente só a "finura" da pessoa: 

See you
Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Summer 2016 Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro Temporada Brasileira crewfamily California Road Trip Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Fall 2016 Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque