Translate

Trabalhar em navio nao é pra qualquer pessoa, sabia?

Existem somente dois tipos de pessoas no mundo: As que aguentam a vida a bordo e as que não aguentam, e não tem nada de errado se você esta no grupo das pessoas que não estão dispostas a trabalhar 12 horas, comer o que tem, aguentar capo chato dando ordens, enfim... 


É serio,  tem lugar no mundo pra você fora do navio, eu juro. Mas sabe, eu entendo que muitas das vezes as pessoas não conhecem os próprios limites e não sabe até onde conseguem continuar nadando bem quando a agua começa a bater na bunda, dai decidem embarcar...

Eu não sou "a favor" do sign off pra minha pessoa, a não ser que eu tenha um grande problema em casa, que algo aconteça e que precisem de mim, ok, mas caso contrario eu não gosto de nem uma pagina da minha vida sem ponto final. Pra que? Pra depois quando eu chegar la no final do texto ter que voltar para o começo para revisar a historia toda? Por isso eu costumo pensar muito antes, ler muito, não só o lado bom mas o ruim também e ver se eu me encaixo mesmo naquilo ali.

 Vou dar um exemplo do porque é tao importante não deixar coisas inacabadas.  Hoje eu estou desembarcada, trabalhando e morando em um pais legal, vivendo algo que eu quis muito estar vivendo la atrás, quando eu tinha os meus 17, 18 anos... Eu precisava vir pra não ficar o resto da vida pensando nisso, mas se eu tivesse concluído isso no passado, seria uma pagina a menos para revisar, e hoje, eu estaria aonde? Embarcada, fazendo o que realmente me fez feliz de todas as formas possíveis.

Então eu acho que você também não deveria ser a favor do sign off pra você, idealiza o que voce quer, os motivos que te levaram ate la, dinheiro, festas, green card, viagens, experiencias, voce tem que ter um porque estar ali e voce deve se lembrar disso todos os dias quando algum capo chato pegar no seu pé ou voce se sentir extremamente cansado com vontade de morrer um mes na cama da sua casa, ainda mais porque verdade é que ninguem morre de trabalhar, pelo menos nao no navio...  Agooooooora, se for pra ficar lá infeliz, de cara amarrada e espalhando energia negativa sobre os outros, volta pra casa, ou melhor, nem vai, desista antes, antes de gastar o seu dinheiro que não esta fácil pra ninguém ganhar, antes de gastar o seu tempo com os cursos, antes de se estressar com o processo de embarque, antes de quase morrer de ansiedade pela data. Pula essa parte, vai atrás do que faz bem pra você. Se para você um emprego mais normal com salariozinho de Brasil é o suficiente, continua la, não faz mal! E mais bonito do que se programar, fazer festa de despedida e voltar pra casa uma semana depois, cheio de contas e todo frustrado.

Na real eu quero muito é que todo mundo se de bem, embarcado ou não, que todo mundo seja feliz, faça sexo, viaje, se apaixone, fique rico,  tenha experiências incríveis e não encha o saco dos outros, gente feliz não enche o saco, lembra?

Porque eu estou escrevendo isso? A medida que o blog vem crescendo MUITA gente vem me pedir "conselhos" sobre a vida a bordo e eu ajudo como eu posso e sei (mas eu não sei muito) de todo meu coração, porque principalmente nos dias de hoje eu vejo a vida a bordo como uma grande oportunidade de pelo menos fazer um pé de meia, mas em momento nenhum digo que é fácil.
A medida que eu me torno próxima das pessoas eu vejo alguns terminando seus contratos e reembarcando, recebo noticias super legais, vejo fotos do pessoal turistando por ai, vejo gente que se encontraram assim como eu e vejo pessoas que odiaram, e ok, ta tudo bem amigo, o que é bom pra moa aqui pode não ser bom pra você!
A questão é que alguns dias atrás eu recebi uma mensagem de um menino, SURTANDO! Dizendo que eu o enganei.

Ele disse que chegou la na esperança que de que ia encontrar algo melhor que no Brasil e só se ferrou. Que esta decepcionado por ter caído na MINHA LABIA e que agora estava de volta ao Brasil, sem grana,  desempregado e com os cursos para pagar.

E como the zueira never ends...
Ele ainda disse que deveria entrar com um processo por eu estar dando faltas informações aqui no blog...

Alguns meses atrás, quando eu estava no Brasil, outro ser me procurou PESSOALMENTE, super empolgado pedindo dicas para a entrevista, dizendo que já tinha lido o blog inteiro e estava certo de que queria mesmo aquilo pra vida dele e por ai vai... Ele ia ser snack a acabou conseguindo ir para o bar... Criou canal no youtube, fez video fazendo as malas, embarcou, postou foto turistando, tudo lindo. Ate que ele desembarca uns 15 dias depois e no dia seguinte bombardeou meu facebook com 500 mensagens dizendo que é um absurdo pessoas "do bem e de Deus" conviverem com drogas e bebidas em todas as partes, como acontece no navio. Que como eu podia ter deixado de falar de um assunto tao importante aqui no blog... Que eu o fiz perder tempo e dinheiro...
(Engraçado que a pessoa aceita trabalhar no bar e se incomoda pelas bebidas, mas enfim...)

Eu não tenho uma resposta para essas pessoas porque em primeiro lugar não sou nenhuma recrutadora nem coisa do tipo, o blog é pessoal, PESSOAL, MEU, MINHAS HISTORIAS, MINHA VIDA e isso já me "livra" de metade das acusações ai de cima hahhaa. Se o blog ajuda alguem de alguma forma que ótimo, serio, eu fico super feliz, mas caso contrario eu só lamento, ou nem lamento, é, nem lamento...

Aonde foi que você leu que trabalhar em navio é fácil? Aonde foi que você leu que vai ter tempo de sobra para conhecer os lugares? E por favor, não diga que foi aqui porque eu vou agora pular de um predio por ter mentido desse tanto... Pelo amor de Deus, quando eu digo que eu gosto da vida a abordo, que eu não tive nenhum grande problema é porque eu realmente não tive, mas isso não quer dizer que foi fácil, porque para ser bom na concepção de algumas pessoas tem que ser fácil?  Pra ter as cosias fáceis a gente fica em casa dentro da nossa zona de conforto, com pessoas que são obrigadas a amar a gente (leia: mae). A bordo ninguém é obrigado a gostar de você, ninguém é obrigado a te dar vida boa, a bordo você conquista o seu próprio espaço e aprende a viver com o que tem. Se você esta procurando vida fácil ao som o lar e à luz do céu profundo não é no navio que você vai encontrar, entendeu?

Ah, e se dar bem a bordo não tem nada a ver com a idade, muita gente associa a idade com maturidade e isso não faz sentido. A Anna quando embarcou tinha 18 aninhos, nunca tinha trabalhado na vida e muito provavelmente nunca tinha lavado roupas ou arrumado a propriá cama. No começo reclamava o dia todo. Na primeira semana ela disse que não ia aguentar e agora esta indo para o terceiro contrato. Já vi gente super vivida que não dura um mês.

Se você nunca embarcou e esta lendo esse texto eu quero que você pense e repense centenas de vezes mais antes de decidir mesmo embarcar. Quero que você leia todos os blogs que encontrar, que ouça o que as pessoas que odiaram a vida a bordo tem pra contar e que leias as minhas experiências também. Quero que você saiba que você não esta indo a turismo e que a prioridade sempre vai ser o trabalho. Que trabalhar em navio vai muito alem de qualquer coisa que você já tenha feito na vida. Quero que você seja franco consigo mesmo, você acha que aguenta o tranco? Voce consegue ficar longe da sua familia e amigos? Você acha que vai sobreviver aos tao temidos 8 meses sem nenhum dia de folga?

Se você ficou em duvida sobre a pergunta de cima então é hora de pensar outra vez! Faz isso por você, você não merece gastar o seu dinheiro, perder o seu tempo. Evite sair hoje querendo ganhar o mundo e voltar um mês depois com cara de cachorro que caiu da mudança.

Não precisam ficar com medo depois desse texto de ir la no meu facebook tirar duvidas, se eu souber vou ajudar de coração, só depois não digam que eu não avisei, ta bom?:)

Ah, se por acaso você estiver no grupo das pessoas que aguentam o tranco, vai ser muito bem recompensado com experiências que nenhum outro trabalho no mundo pode te proporcionar igual.

Um beijo meus amores, e pra voce que disse que vai me processar porque eu menti sobre o que é a vida a bordo, eu sei o que voce precisa, DAR MEIA HORA DE CÚ PRA VER SE PARA DE FRESCURA, VALEU?:)
Share on Google Plus

About Harlye Mielli

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

14 comentários:

  1. Ninguém é obrigado a nadaaaaa ! (Nunca fomos na real) . Meu , a maioria das pessoas com que tive contato na hotelaria , entram nesse tipo de trabalho achando que vão ter good life como um hospede, são pessoas sem um pingo de noção que é um trabalho , e não turismo , bando de sem noção. Se eu fosse vc Harlye , eu que processava esse Filho da puta por injúria e calúnia ! Bjooos é o Yuri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yuuuuriiii!!! Ta sumido! Como voce ta? tudo certo?!
      é sempre assim! Acho que foi otimo voce ter esperado, dado um tempo pesquisando, trabalhado com hotelaria pra depois embarcar! Seu contrato vai ser otimo, voce vai ver! Beeeijooooo!

      Excluir
    2. Eu to bem e vc ? To aqui esperando resposta de umas entrevistas e pesquisando passagem hehe :) ! Pois é fico de cara com esse povo sem noção ! Bjoo

      Excluir
  2. Olha, Sinceramente, trabalho em barco é como todo outro, é disiciplinado, regrado e vc precisa cumprir com aquilo que se propôs a fazer, se vc é frango, ou chorão , como todo bom Brasileiro ( quem trabalha em barco sabe que a unica nação de Ingratos. que diz é meu ultimo contrato, mete o pau em todo mundo e 1 mês depois tá lá de volta com o rabo entre patas é Brasileiro.) Você vai pedir Sign Off ... Barco é uma zona mesmo. eu mesmo já transei com muito mais mulher abordo em 2 anos que estou embarcado do que em terra a minha vida inteira. Bebo depois do expediente e vou dormir bêbado as 4 da manhã todo santo dia. no dia seguinte estou em pé trabalhando e cumprindo a jornada que me propus a cumprir antes de embarcar. Conheço quase 20 países e graças a meu posto posso desembarcar em todos os portos. tem muita droga, muita coisa errada, e até prostituição já vi dentro de barco. só que meu amigo, tudo isso tem em terra tbm, e se vc não quer, ninguém vai te obrigar a andar com pessoas adeptas a tais praticas, ou a fazer algo que vc não queira. já é nesta sexta feira agora que embarco para fazer minha terceira temporada. Meu ultimo contrato foi de 11 meses direto, tive 1 mês de férias cravado e estou voltando. Antes destes 11 meses, foram 7 meses direto , com 1 semana só de pausa. Então meu conselho é . se você é babaca ou imaturo, fica em casa que vc arruma um outro trabalho e vai economizar no minimo 3 mil reais entre cursos e passagens ( fora a passagem do sign off )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo TinTin!:)
      È isso que as pessoas deveriam entender, tem lugar pra todo mundo, dentro e fora do barco, mas na real eu acho que agente ja sabe antes quando da conta e quando nao da, pra que perder tempo ne? Sem contar que sobrecarrega os outros que sao obrigados a ficarem ouvindo reclamacoes de coisas que obviamente a pessoa ja sabia antes de embarcar... Complicado!

      E caramba!!! 11 meses! Qual sua cia? fiquei curiosa agora hahah
      beijooos ate mais:)

      Excluir
  3. DAR MEIA HORA DE CÚ PRA VER SE PARA DE FRESCURA, VALEU?:)

    VOCÊ É SENSACIONAL !!!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahha, Mas não é? Devem estar precisando!!!rs

      Obrigadaaaaaa <3

      Excluir
  4. Sureal isso! As pessoas de culparem por uma decisao "pensada" que eles tiveram. A verdade é que tem pessoas sem noçao mesmo. Seu blog é otimo!!

    ResponderExcluir
  5. Sureal isso! As pessoas de culparem por uma decisao "pensada" que eles tiveram. A verdade é que tem pessoas sem noçao mesmo. Seu blog é otimo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ana... vai entender né? :(
      Obrigadaaaa <3

      Excluir
  6. oi mielli,ta sendo um prazer te conhecer,pra ser sincero nunca embarcar mas pretendo proximo ano,ler seu blog e uma das melhores preparaçoes q alguem pode ter,ja li muuuuuitos blogs,mas nenhum supera o seu,e a realidade pura,e o jeito q vc descreve a realidade,com muitos detalhes e sinceridade,fala tudo q pensa e oq sente,mesmo q isso va ofender a quem esta lendo,isso na minha opinião,e o que da credibilidade em acreditar em vc,ainda mais pq vc e linda e q tem um corrpo......,mas nao banca a patricianha mimada,segue as regras e trabalha duro,e por isso eu sou seu fã S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa, tudo bem?!
      Ahhh, muito obrigadaa! <3
      Fico super feliz de saber o blog vem sendo tão de ultilidade publica assim, que tem ajudado tanta gente e inspirado outras:)
      Eu tento passar o maximo de verdades possiveis aqui no blog, verdades e sentimentos, e acho que esse vem sendo o segredo de tudo de bom que tem voltado pra mim!
      E obrigada pelo corpão! hahaha :D
      Mais uma vez obrigada pelo comentario, me tirou um sorriso as 6 horas da manhã!:) Um beijo e sucesso!

      Excluir
  7. Adorei seus textos! Realmente não é fácil. Eu ficava muito sea sick, mas ainda sim fiz 2 contratos! Chorei na primeira semana por estar em um lugar diferente com gente chata e longe da família, mas desistir nunca! Pensava o quanto minha mãe gastou pra me ajudar a embarcar e o quanto o resto da minha família disse que eu não ia aguentar. Faz 2 anos e eu penso em voltar onboard todo santo dia. Não consigo me adaptar a esse vida de trabalho escravo brasileira. Sim no navio tinha dias que eu trabalhava até 15 horas, passei o natal e ano novo trabalhando, mas é diferente de ser explorada aqui e no final ainda não ter um real pra poder viajar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Eu tambem ficava super mareada! Isso é o que eu admiro sabe?! Gente que sabe a importancia de não desistir, por pior que seja! Eu tambem penso em voltar todos os dias, só não voltei ainda porque as coisas foram acontecendo em dando certo em terra mas sinto muuuuuuuuita falta!
      É muito diferente de trabalhar em terra, principalmente em terra do Brasil e viver de folgas nas quartas e se rolar uma viagem pra praia no final do ano, dificil... :(
      Sucesso pra ti quem sabe um dia a gente não se tromba embarcadas por ai :D Um beijo

      Excluir

Labels

Tripulante Navio Au Pair Diario de Bordo Costa Fascinosa Temporada Europeia Illinois histórias de crew Crewlife Fase 4: De volta ao Buffet Snack Stward Summer 2016 Living in Russia WINTER 2015/2016 Moscow Fase 2: Europa Chicago Spring 2016 Aconteceu no Fascinosa Fase 6: Ultimo Cruzeiro Temporada Brasileira crewfamily Fase 1: O Começo Processo de Embarque Divirta-se Capos Namorado Cabinmate SUMMER 2015 Namoro a bordo FALL 2015 Fase 5: Reta Final St. Petersburgo Bratta Familia Supervisores Cabine Processo Au Pair TAG: Vida de Snack Bia California Road Trip Data de Embarque Brasil Veneza-Italia Crew Bar Fase 3: Ass. Witress Horarios Mykonos-Grecia Vida-pós-Navio Costa Crociere Dicas warning Aprenda Russo Ass Waitress Grecia Trabalho em Navio relacionamentos Academia Buffet Crew Party training Aviação BRASIL X EUROPA Cherepovets Comissária de Voo Las Vegas Santorini fim de contrato Celular Comida a Bordo Let Pro Flight Rio de Janeiro despedidas Arizona Bari-Italia Dinheiro Navegação Port Manning Russia salario At sea Buenos Aires Colorado Dubrovinik Croacia Filipino Folgas Infinity Ingles Saudade Saudades Thayse Uniforme Vida de Snack drill Anac Aniversarios Cabelos Comida Corfu-Grecia Crossing Data de Embaque Dirigindo nos EUA Embarcation Day Inspeção de cabine Malas Natal New York Overnight Salvador Santos Treinamentos bambini compras guests medico a bordo ABOUT ME Academia a bordo Banheiromate Brasileiros Cabelo Costa Pacifica Crew Beach Desembarque Fascinosa Formatura Ilha Bela Internet Mafia Meeting Capitão Minnesota Provas Pós- Russia Red Square Schedule Side Job Sobrevivencia- Selva e Marinharia Travel Tips dançarinos evaluation transferencia de navio 21 anos 21 anos na Grecia Aeroporto de Madrid-Barajas Aeroporto de Roma Alitalia American Life Assalto CFPN Cambuza Cantando Carnaval Copa do mundo Costa Mobile ou Costa In touch Costa NeoRiviera Entrevista Europa Exames- Navio Fall 2016 Familia a bordo Feminismo Filipinos Flight attendant Flowchart Folga Gastos Hard Rock Itinerário Kentucky LIfe on board Living in USA Loira a bordo Maceio Malaga-Espanha Mamagaio Mareado Meu filho quer embarcar! E agora? Nashville O que levar nas malas? Palermo-Italia Portugal Processo seletivo RFE Reembarque Reflexão Reportagem TV Riniti Rotina STCW ou CBSN Secador e chapinha Sta Cruz de Teneriffe-Espanha TIM Televisão Tennessee Uruguai-Punta Del Este e Montevideu Videos Vizinhas Vocabulario Voo Wifi Wisconsin abandon ship aniversario na grecia comunicação disney laudry massagem a bordo metri off passageiros staff ´Reembaque